chá de bebê

chadebebeO chá de bebê acaba sendo uma boa distração para aquela ansiedade mais no finzinho da gravidez, quando parece que os dias demoram anos para passar. Além do mais, nada como um chá de bebê com a presença da mamãe de barrigão bem grande para aumentar a torcida da contagem regressiva para o grande dia.

Geralmente o chá de bebê fica por conta de qualquer outra pessoa que não os próprios pais, embora não haja regra fixa sobre isso. O mais comum é que um parente, uma amiga ou uma colega de trabalho bem próxima se mobilizem para organizar o evento por e para você.

Ao escolher uma data, converse com as avós e as pessoas mais chegadas para ter certeza de que elas não têm compromissos no mesmo dia. Nada mais chato do que planejar uma comemoração e metade dos convidados não aparecer por algum motivo.

Chá de bebê precisa ter tema? Não necessariamente, já que pode ser que isso não faça muito o seu estilo ou o da pessoa homenageada. A diferença é que, quando você tem um tema, a organização da festa muitas vezes acaba sendo mais fácil e objetiva.

Mesmo que o “tema” seja simplesmente uma cor ou um tipo de comida, ele funciona como um elemento unificador do ambiente e acaba poupando o seu trabalho na hora da preparação.
Veja a seguir algumas sugestões de chá de bebê para ajudar você a fazer uma reunião bem gostosa e divertida antes da chegada do bebê.

Chá da tarde

Para uma agradável confraternização no finalzinho da tarde, seja em um dia de calor ou frio, crie um cenário romântico com alguns arranjos de flores espalhados por mesas, mesinhas laterais ou aparadores. Não precisa gastar uma fortuna nas flores.

Se você tiver um mercadão central por perto, vale dar uma passada para comprar flores soltas e montar arranjos. Caso contrário, hoje em dia é fácil encontrar em feiras ou supermercados vasinhos de violetas, por exemplo, por preços bem em conta. Aí é só usar potes e fitas coloridas para dar uma caprichada maior no visual.

Complete a decoração com pratos de sobremesa e xícaras enfeitados com guardanapos de papel florais. Belos guardanapos costumam fazer vista e dão vida aos seus jogos de louça ou mesmo a pratos e copos descartáveis, sem pesar muito no orçamento.

No cardápio, faça sanduíches de sua preferência em pão-de-forma branco e preto (tire a casca) e depois corte em quatro para ficarem pequenos e charmosos.

Você pode fazer a mesma coisa com um bolo de cenoura e um de laranja. Asse-os na forma quadrada ou retangular e depois parta em pedacinhos para colocar em bandejas e permitir que suas convidadas se sirvam e comam com a mão mesmo, sem necessidade de talheres.

Se o dia estiver frio, ofereça chá, chocolate quente e café à vontade; no caso de um calorão, invista em chá gelado, sucos naturais e água, como alternativa ao refrigerante.

Brunch

Horário alternativo para um evento pela manhã, por volta de 10h30, 11h. O brunch sai do lugar comum e permite que você faça um chá de bebê diferenciado.

A estrela aqui é a comida, que inclui itens de café-da-manhã, como pães, frios, frutas e bolos sequinhos (laranja, limão, fubá, formigueiro, aipim), e itens de almoço, como tortas salgadas e saladas (para variar, experimente uma salada fria de macarrão com legumes ou atum).

Você pode fazer uma decoração mais clássica, toda em branco, incluindo toalhas de mesa, pratos, copos e enfeites.

Chá da mamãe

Esse tipo de chá é especialmente interessante para quem já tem outros filhos e itens de sobra para o próximo bebê. O enfoque aqui é a mãe.

A decoração é adulta, assim como o clima da festa, que pode até ter drinques para as não-gestantes e as gestantes. No caso delas, faça caipirinhas de frutas, só que, em vez de álcool na mistura, use água com gás, tônica ou soda limonada. Coquetel de frutas à base de sucos de abacaxi e maracujá, groselha, um pouco de leite condensado e bastante gelo também faz sucesso.

Explique aos convidados que os presentes são para alegrar e relaxar a mulher em questão e não a futura mamãe, então nada de concha para os seios ou mamadeiras. Mimos como vale-presente em lojas de cosméticos ou sapatos têm toda a chance de agradar.

Dá também para incluir rotinas de beleza na festa: equipamentos de manicure para todo mundo fazer as unhas, por exemplo (com uma profissional ou não), ou chamar uma massagista que faça uma rodada de massagens nos convidados. É claro que aí precisa ser uma festa íntima, com poucos convidados.

“Chá-bar” de bebê

Para casais que não abrem mão de comemorar juntos todos os passos rumo ao nascimento do filho, o chá-bar aos moldes dos chás de cozinha mistos é também uma ótima oportunidade de reunir a turma antes de os futuros pais ficarem atrapalhados demais.

Decoração aqui é o que menos importa, já que o que vale mesmo é a celebração do bebê, agregando tanta gente ao mesmo tempo. Se você faz questão de ter alguma coisinha em alusão ao universo infantil, pode encher bexigas e prendê-las em cantos com fita e um pirulito daqueles grandes e coloridos, como de antigamente. Balas tipo jujuba e dadinho espalhadas em potes de vidro pelas mesas também são uma boa opção.

Para comer, pizza ou sanduíches de metro costumam agradar a todos e podem ser feitos em casa ou encomendados, conforme o seu orçamento.

Tenha cervejas e refrigerantes para os convidados, mas não se esqueça de ter também sucos naturais, água de coco ou bebidas sem álcool.

Chá de congelados

Alternativa divertida para quem já tem tudo para o bebê, o chá de congelados tem por objetivo abastecer o freezer dos futuros pais com comidas prontas para aquelas difíceis primeiras semanas com a criança em casa.

Ao fazer o convite, explique para os convidados que eles realmente não precisam se preocupar em comprar presentes para o bebê, mas que, se quiserem, podem trazer um prato pronto e embalado para o freezer da família. Vale lasanha, torta salgada, carne de panela, frango à milanesa, sopa, verdura lavada e fervida, panqueca, moqueca de peixe ou qualquer outra coisa que a pessoa tenha experiência de fazer e de congelar adequadamente.

Quem não souber ou não puder cozinhar pode comprar pratos prontos no supermercado, que também são uma mão na roda.

É muito importante que os alimentos sejam acomodados em freezer ou geladeira de imediato. Deixe etiquetas à mão e anote a data e o autor do presente. Na hora de comer, você vai se lembrar com uma imensa gratidão de cada pessoa que mandou a comida — e pode até dar um telefonema ou mandar um email comentando e agradecendo.

Em agradecimento pela boa vontade dos convidados, uma sugestão é montar uma cesta de vime com um vinho, chocolate, um queijo, torradas e castanhas ou amendoim para sortear no final do evento entre os presentes.

Chá de fraldas

Para muitos pais e mães que já tiveram filhos, esse foi sem dúvida o melhor presente: fraldas, fraldas e mais fraldas. De todos os tamanhos e marcas. Há quem conte que ganhou tanta fralda de presente que só foi comprar para o filho depois dos seis meses, o que representa uma enorme economia.

Reitere para todos os convidados que é isso mesmo o que os pais mais querem ganhar e que não invistam em outros itens. Se tiver tempo de organizar uma lista e dividir os tamanhos e marcas entre os convidados é sempre melhor, assim evita que o bebê acabe ganhando um monte de fraldas tamanhos RN e P e nada para quando ficar maiorzinho. Normalmente o tamanho que o bebê usa por mais tempo é o M.

Se quiser aproveitar o tema de fralda para a decoração da festa, tente montar um “bolo de fralda” como centro de mesa. É só enfeite, não é bolo de verdade.

É assim: use um pacote grande de fraldas tamanho P baratinhas. Enrole cada fralda com um elástico, formando um rolinho, e depois acomode os rolinhos de pé, formando a primeira camada do “bolo”, presa também por elásticos. Faça mais dois ou três andares menores e enfeite tudo com fitas ou itens do bebê, como roupinhas e sapatinhos.

Chá do varal do bebê

Essa festa temática resolve dois assuntos de uma só vez: presentes e decoração. É também um ótimo jeito de surpreender a futura mamãe.

Peça para os convidados só darem roupinhas de presente e para chegarem mais cedo do que o horário combinado no dia da festa. Aí você arma um ou dois varais improvisados no local e pendura as roupas com pregadores coloridos. Quando a mãe chega, é a maior surpresa de ver um enxoval todo do seu bebê estendido diante dos seus olhos.

Não deixe de oferecer também os pregadores enfeitados para a mãe levar para casa.

Chá cultural

O chá cultural é uma ótima oportunidade para ajudar a construir a biblioteca de uma criança, além de estocar a casa com filmes e músicas para bebês, especialmente se for o primeiro filho.

Peça para cada convidado trazer o livro, CD ou filme infantil de que mais gosta (considere circular um email antes da festa com o que cada um pretende dar, assim você evita repetições e o trabalho das trocas posteriores).

Filmes, músicas e livros farão grande parte do entretenimento da criança durante os primeiros anos, e são presentes que as pessoas não costumam dar para recém-nascidos. Para sofisticar um pouco, quem quiser pode incluir um bichinho de pelúcia ou boneca que combine com o assunto da história contada.

Dicas para organizar o chá

Veja a seguir algumas sugestões sobre como animar a festa:

• Selecione um tema para amarrar todo o evento, como chá de fraldas, chá de roupinhas, chá só para distrair a futura mamãe, chá para homens e mulheres, chá para montar a biblioteca do bebê. Não é essencial ter um tema, mas isso certamente ajudará você a organizar a festa, além de ser divertido para os convidados.

• Considere quanto quer gastar em bebidas e comidas antes de fechar o horário do “chá”. Por exemplo, um lanchinho da tarde sai mais barato do que convidar para um almoço ou jantar. Se for uma festa para os homens também, a cerveja muitas vezes é inevitável e certamente engordará a conta.

• Chá de bebê que é chá de bebê tem que ter alguma brincadeira, mesmo que você ache meio bobagem. Não precisa ser nada para “humilhar” a futura mamãe na sua falta de conhecimento sobre crianças. Pelo contrário, pode ser uma rodada de mães experientes competindo para ver quem tem a pior história de cocô de bebê para contar ou o recorde de madrugada mais longa em claro, ou ainda o relato mais tocante de parto. Ou então o jogo básico de tentar adivinhar o que é cada presente, mesmo sem “prendas”.

• Há também as brincadeiras mais tradicionais, como pedir para a futura mamãe trocar a fralda de uma boneca (fabrique um cocô na fralda com papinha de supermercado). Ou fazer uma competição de troca de fralda entre os homens. Outra ideia é preparar batom e tintas especiais para o rosto (atóxicas) e pedir aos convidados que pintem o barrigão da grávida. E, claro, tirar muitas fotos depois!

• Você pode dar uma lembrancinha no final do evento para todo mundo que compareceu ou então ter alguns “prêmios” para distribuir durante as brincadeiras e “competições” entre mamães. Não precisa ser coisa de bebê. Dependendo do seu orçamento, vale alguma coisa doce, um produto para a pele, um livro, um kit de batom e esmalte, um vasinho de planta.

• Um dos pontos altos de muitos chás de bebê é a hora de abrir os presentes. Mas, se você não quer abrir os pacotes em público para não deixar ninguém sem graça na comparação, sem problemas. Faça um agradecimento geral para todos e deixe para mandar um email ou cartãozinho depois para agradecer aos convidados individualmente pelos presentes.

http://brasil.babycenter.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s