a importância da atividade física na gestação

exercicioA prática de exercícios físicos é importante para qualquer fase da vida. Mas, na gestação ele é extremamente importante para manter o corpo saudável.

Segundo vários estudos, as mulheres que esperam o primeiro filho e têm uma rotina de atividade física regular durante todo o período de gestação, reduzem o risco de o bebê nascer com excesso de peso e, além disso, elas cuidam da forma e mantém o peso ideal para se ganhar na gravidez.

A atividade física tem a função de prevenir o crescimento excessivo do feto quando o mesmo está em desenvolvimento, além de melhorar a capacidade do corpo da mulher manter os níveis de açúcar e o peso sobre controle. Tudo isso faz com que a mulher diminua a oferta de açúcar que vai para o bebê, controlando assim o seu ganho de peso.
Por mais que a prática de atividade física seja estimulado durante toda a gestação, o número de mulheres que praticam algum tipo de exercício físico durante a gestação ainda é pequeno comparado ao número de mulheres que ficam grávidas anualmente.

O tempo mínimo indicado para a prática de exercícios físicos é de 30 minutos por dia ou três vezes na semana com a duração máxima de 45 minutos.

Mas, é importante ressaltar que se antes de ficar grávida você não praticava nenhum tipo de exercício físico, é importante que a gestante vá com calma, pois agora não é o melhor momento para virar uma atleta. Entretanto, você pode optar por praticar exercícios mais leves, como hidroginástica, natação e caminhada.

Essa escolha de incorporar a prática de atividade física no seu dia a dia durante a gestação, aumenta ainda mais a probabilidade das gestantes continuarem a prática de exercícios após o nascimento do bebê, mantendo assim o corpo em forma, pois as mulheres, ao se tornarem mãe se sentem mais mulheres, reavaliando o seu estilo de vida, sendo motivada assim a cuidar não somente da sua saúde, mas também do seu bebê.

Porém, o mais indicado para a mulher que pretende engravidar é começar a fazer algum tipo de exercício físico aeróbico para melhorar o seu condicionamento cardiovascular, além de ocupar a mente, diminuindo a ansiedade de engravidar, prevenção de doenças como a diabetes gestacional, aumento das chances de um parto normal e prevenção do surgimento da pré-eclâmpsia.

Por isso, se você realmente quer se manter na ativa durante a gestação, veja aqui algumas dicas que irão ajudá-las a se mexerem sem correr riscos, porém, lembre-se que antes de iniciar qualquer tipo de atividade física durante a gestação é necessário procurar o seu médico e pedir informações:

– Movimentos aeróbicos e aulas de alongamentos em geral estão liberados, porém, desde que não haja nenhum tipo de restrição médica e que um profissional de educação física acompanhe o treinamento;

– Com relação aos abdominais, há certa divergência, porém alguns defende a prática, mas somente no início da gestação e outros dizem que é melhor evitar esse tipo de exercício durante os nove meses, principalmente no início por conta de um aborto espontâneo e durante os outros meses por causa do desenvolvimento do feto;

– Invista em ginástica localizada e caminhada, fazendo-as duas ou três vezes na semana, com aulas de 50 a 60 minutos;

– Tome bastante cuidado com os exercícios que mantêm você durante muito tempo em pé, pois esse tipo de atividade física acaba dificultando a circulação sanguínea e causando uma leve queda de pressão arterial e mal estar;

– Uma prática que deve ser evitada é o step, pois durante a gestação as articulações ficam mais frouxas e assim você corre o risco de sofrer torções e lesões;

– Fique atenta com relação à intensidade dos exercícios, pois se eles forem altos demais, o fluxo sanguíneo no organismo tende a diminuir e isso acaba reduzindo a passagem de nutrientes e oxigênio para o feto, dificultando o seu crescimento e desenvolvimento;

– Em cada trimestre os cuidados são diferentes, pois no primeiro você pode caminhar 30 minutos sem parar, mas conforme o tempo vai passando e o parto ficando mais próximo, isso tende a ser reduzido;

– Não importa qual a atividade escolhida, os exercícios devem promover uma série de benefícios para a saúde tanto da mãe como também do bebê, os quais devem ajudam a mamãe a relaxar, a controlar a ansiedade, reduzir os inchações e as dores musculares, principalmente a dor lombar e auxiliar no controle da pressão arterial;

– Já no pós-parto, os exercícios irão contribuir para que a mãe se restabeleça mais rapidamente, além de melhorar o humor e fazem com que a mulher se sinta mais bonita, com a autoestima lá em cima;

– Não é somente a futura mamãe que irá ganhar com os benefícios que a prática de exercícios traz, pois vários estudos revelam que o bebê também ganha com isso, pois a prática de exercícios contribui para o desenvolvimento do sistema nervoso do bebê, além de evitar uma criança obesa.

http://www.dicasgratisbrasil.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s