Vai nascer? Já devo correr para o hospital?

duvidas-gravidez-299x199Acho que toda gestante nas últimas semanas começa a entrar em desespero com as dores, tempo de espera e tudo mais. A ansiedade é tanta que qualquer sintoma diferente a gente já liga para o GO,  já corre para o Google, já corre para o hospital. Mas como saber quando é realmente a hora de pegar as malas e ir para o hospital?

Segue matéria a respeito abaixo

———- X ———- X ———-
De um modo geral, numa gravidez sem patologia, a mulher deverá dirigir-se ao hospital nas seguintes situações:

– Se não sentir pelo menos 10 movimentos fetais no espaço de 12 horas. Pode tentar «estimular o seu bebé comendo uma bolacha ou doce (recomenda-se evitar períodos de jejum prolongado, fazendo dieta polifracionada), caminhar e, até, conversar com ele. Se nenhuma destas medidas simples resultar, dirija-se então para a maternidade.

– Se a bolsa estourar, independentemente de sentir ou não contracções. É muito importante reparar na hora em que começou a perda de líquido, o aspecto do mesmo (claro, ensanguentado ou esverdeado) e o seu cheiro (inodoro ou fétido). De qualquer formas, deve dirigir-se de imediato ao hospital.

– Se tiver uma hemorragia vaginal considerável (igual ou maior que uma menstruação). Pequenas perdas de sangue, na gravidez de termo, não têm significado clínico e muitas vezes são provocadas pelo toque vaginal e modificações do colo do útero.

– Se tiver contracções fortes, regulares, dolorosas, frequentes (2 a 3 em cada 10 minutos) e com duração de, pelo menos, de 30 a 45 segundos. É importante saber distinguir as contracções do chamado “falso trabalho de parto” (não causam dilatação do colo como as contracções do processo verdadeiro) – que são irregulares e não aumentam a sua intensidade e frequência. No falso trabalho de parto, uma mudança de actividade, ou mesmo posição resulta na diminuição de intensidade das contracções. As multíparas, com TP anterior rápido, devem contactar o seu médico no inicio das contracções uterinas regulares. Logo que a grávida perceba que está em trabalho de parto, deve ingerir apenas líquidos sem resíduos (como água, sumos de fruta sem pedaços ou caldos) ou alimentos leves (como torradas, bolachas de água e sal), de forma fraccionada, a cada duas horas, até chegar ao hospital. Em resumo, a duração do trabalho de parto varia de mulher para mulher e depende de muitos factores, nomeadamente, do número de gestações e tipo de parto anteriores, se o trabalho de parto foi espontâneo ou induzido, as características do colo do uterino antes do início do trabalho de parto (favorável ou desfavorável, em relação à posição, consistência e encurtamento e/ou dilatação), entre outras.

No caso de ter qualquer dúvida, a grávida deve contactar o seu médico assistente.

http://www.net-bebes.com/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s